15 de ago de 2009

Os alimentos e suas embalagens

Por Ursula Jahara * 16.Ago.2009

Que tal refletirmos mais um pouco? A reflexão faz com que deixemos nosso espaço 'robotizado', e sigamos em direção a uma nova ou antiga jornada.

Hoje vamos refletir sobre os alimentos e suas embalagens - reais e falsificadas.


Estávamos, eu e Milene Mattar, em Macacos, MG, em nosso retiro 100% cru-vivo - com Léo Tolentino - CRUzinhando quando, então, essa observação veio a tona: 'repara só a perfeição e beleza da 'embalagem' desses alimentos'. Tinhamos em nossas mãos mangas, laranjas, bananas, tangerinas, abacaxi e mamão. A 'embalagem' grossa ou fininha que cada fruta apresenta, com suas cores diversas, texturas, cheiros, é de deixar qualquer publicitário 'sem emprego', pois qual a necessidade de criar tantas características - palavras, bonequinhos, super-heróis, para propagar algo que por si só já é belo, cheiroso, gostoso e faz bem a saúde? E que tal lembrarmos que seu prazo de validade não precisa ser estampado em sua 'embalagem', pois aos olhos nus saberemos identificar (quase sempre) quando aquele alimento - natural e real - passa da 'validade'. Quer mais? Ele passa da validade para nosso consumo, mas sem embalagens falsificadas pode retornar à terra como um belo e nutritivo alimento.

Agora que tal pegar aquele biscoitinho na prateleira dos supermercados? Ou aquele leite desnatado com uma vaquinha sorridente? Ou o sucrilhos matinal açucarado com carinha de tigre? Embalagens - empacotados, ensacados, engarrafados, enlatados, sacolinhas, sacolas, sacolonas - descartáveis? Como assim descartáveis??? Embalagens e mais embalagens aos milhões, que vendem erroneamente um produto, pois o único objetivo é o de 'ganhar dinheiro'. 'Nenhum' deles está preocupado em vender saúde. Ali o lema é 'quanto mais vender, melhor'. Sim, nesse mundo capitalista em que vivemos, o sistema grita - dinheiro!! Mas a minha saúde, a sua saúde, e a do próximo, não, eles realmente NÃO estão preocupados com isso. Embalagens com validades que vão de duas semanas a dois anos. Como podemos aceitar algo com dois anos de estocagem, que tem em sua composição conservantes artificiais e sabe-se lá o que mais, como alimento para nosso corpo, nosso templo? Sim, essas embalagens com carinhas, passarinhos, ursinhos, tigres, vaquinhas - felizes??!!! - são o pior desastre da humanidade - não só por venderem promessas irreais, mas para onde vão todas essas embalagens após o consumo desses produtos (alimentos?)? Para o LIXO! Mas que LIXO?? Afinal a frase 'jogar no lixo' não é bem empregada, pois não existe lixo per se. Esse simplesmente move-se de um lugar para outro - da sua casa, para a rua, para o 'caminhão de lixo', para o 'lixão', ou vai parar sabe-se lá onde - nas águas de nossos rios, mar, em nossas matas, etc e nada disso é reaproveitado pela natureza. Essas embalagens são, também e principalmente, REJEITADAS pela Mãe terra!

A que ponto chegamos que não conseguimos enxergar isso. Ou se enxergamos, ignoramos, pois - 'ora, é assim e nada posso (quero) fazer para mudar meus hábitos enraizados.' Na verdade me deparo com muitas pessoas repetindo - 'se os outros fazem, porque não posso fazer.' Ou, 'mas que embalagem tão bonitinha.' Sim, estamos perdidos ao meio dessa selva de pedras e não conseguimos enxergar isso. Não me levem a mal, entendo que o número populacional no mundo está transbordando, e que de alguma forma precisamos criar 'alimentos' - em embalagens que os conservam por maior tempo, para ajudar aqueles não tem acesso com tanta facilidade a diversos alimentos perecíveis, porém vejo que chegamos num estágio um tanto assustador - alimentos que nada fornecem ao nosso corpo físico, e tão pouco ao nosso corpo sutil, além de gerarem desequilíbrios irreparáveis ao meio ambiente.  Enfim, informações e escolhas.

A cada dia que passa faço novas escolhas - mais conscientes, mais amigáveis ao meio ambiente - interno e externo, e convido cada um de vocês a refletirem sobre esse tema. 

E como diz o Aris LaTham - está na hora de retornarmos ao nosso jardim!

Embalagens descartáveis? Como assim descartáveis?! Isso não existe!

Façamos nossa parte!

Um brinde a vida!

Ursula Jahara *|*


Clique na imagem abaixo e saiba como colaborar


5 comentários:

  1. Você disse TUDO, nao existe embalagem mais perfeita, maravilhosa e linda do que a casca de uma fruta!! E qto mais nos re-conectamos, como vc vem fazendo tao lindamente, usamos menos tantas dessas coisas embaladas que "precisamos", quer seja de alimento ou nao. Como com a bucha natural que vc citou outro dia: é só tirar do pé, usar e depois quando nao servir mais ela volta para a terra. Quer coisa mais perfeita?
    Resumindo: adorei o texto! :)
    Bjs

    ResponderExcluir
  2. Mensagem enviada via email:

    Bom texto !!!

    ResponderExcluir
  3. Hugo F.22:44

    Mensagem enviada via email:

    Como é bonito de se ver uma mesa de frutas né?
    Não existe alimento que se compare a isto! Fabuloso!
    Muito boa esta preocupação com o lixo...

    Beijos
    Hugo

    ResponderExcluir
  4. Mauricio Catugy22:46

    Mensagem enviada via email:

    E aí Ursula,

    Muito bom!

    Mande notícias.

    Bjs
    Mauricio

    ResponderExcluir
  5. Eleonora Nogueira00:13

    Mensagem enviad via email:

    Excelente reflexão, guria.
    Estou montando um projeto ecológico em meu trabalho envolvendo funcionários e comunidade e penso que esta simples mas direta reflexão pode contribuir com o trabalho educativo que estamos preparando. Nos autorizas a usar, citando, claro, a fonte?
    Aguardo. Grata, Eleonora.

    ResponderExcluir

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...